Dieta Low Carb - Melodia e barulho

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Dieta Low Carb

            Quando um ano se inicia e nossas novas metas são colocadas no papel, com certeza a maioria das pessoas colocam como meta fazer uma dieta ou dar uma emagrecida legal. Confesso que comigo não é diferente, eu coloquei como meta emagrecer e aumentar minha qualidade de vida.
            Dando uma pesquisada na internet podemos ver as dietas tendências, as que funcionam e não funcionam, já tem um tempo que eu ouço falar dessa tal Low Carb, mas o que raios é essa dieta? Sem falar que todas as dietas tem um risco, beneficio e uma linha entre os dois, então fui pesquisar.



            Acho que todas as pessoas deveriam ter instruções antes de começar qualquer tipo de dieta, reeducação alimentar, ou qualquer coisa do gênero que possa mudar a fisiologia do nosso organismo. Primeiramente carboidrato é uma fonte de energia a qual nosso organismo tem mais afinidade para efetuar a quebra e obter glicose, que é formadora de energia para nosso organismo, é através da glicose que se tem energia para movimentar os músculos, para funcionar os órgãos e principalmente nosso cérebro ele é o que mais consome energia e carboidratos, irônico já que muitos não usam o cérebro (hahahahahahah ignorem a piada ridícula).
             Visto que já entemos um pouco que o carboidrato é sim essencial para o organismo, vamos falar em que ponto ele se tornou o vilão da história!! Sabemos que nos alimentamos de forma muito inadequada e com grandes excessos, sem falar das combinações diárias de alimentos com alto teor de carboidratos. Quando se fala em Low Carb, se fala em reduzir a quantidade carboidratos ingeridos diariamente, trocando alimentos com teor de carboidratos para os de maior quantidade de proteínas, que dão uma maior sensação de saciedade e são mais demoradas para serem quebradas pelo organismo, é por isso que se reduz peso, tamanho com dietas à base de proteínas.
             O que se deve ter cuidado nessa dieta é o tempo e o modo a qual ela é usada. Digamos que não se pode ficar eternamente nessa dieta, pois nosso organismo precisa do carboidrato como dito anteriormente, nem se deve fazer de forma radical e abolir o carboidrato da vida, existem alimentos com quantidades ideais diárias. Basicamente essa dieta é "permitido" comer ovos, carnes de todos os tipos (preferencial as magras), algumas frutas, queijos.




Existe muitas divergências entre sites e revistas sobre a dieta low carb, mas acho que consegui listar três sites que tem mais em comum e podem ajudar a seguir os alimentos e o que comer seguindo esse dieta.





Eu, decidi fazer essa dieta de redução de carboidratos para inciar um reeducação alimentar, pretendo fazê-la por 30 dias, no final conto pra vocês!!!




Marcella Borges

 

Informações retiradas de: Revista Abril // Sophie Deram //

Um comentário:

  1. Achei muito bacana você se dispor a pesquisar e estudar antes de fazer a dieta. Realmente faz toda a diferença ser uma das pessoas que usa o cérebro (aproveitando a deixa da sua piadinha hehe)

    Se quiser um resuminho sobre a dieta (e um cardápio exemplo de 7 dias), escrevemos sobre isso aqui: Dieta Low-Carb Cardápio

    ResponderExcluir