O dia em que resolvi mudar.

By Marcella Borges - 13:22

             Hoje talvez seja um post diferente, creio que isso é mais para mim do que para as pessoas que acompanham o blog. Desde o início do blog eu queria fazer algo pra mim, buscar compartilhar as coisas que eu gostava, dese música, arte, poesias, mas com o tempo eu fui deixando muita coisa de lado, deixei esse projeto de mim para mim de lado, deixei me tomar por tristezas e frustrações.
             No dia de hoje (23/06/2017) eu acordei chorando e não tinha motivos, claro que tem mas são motivos que eu não considero razão para chorar como chorei. Já tem um tempo que eu percebi estar no fundo do poço, sim estou falando de depressão, eu achei que a danada já tinha sumido por anos mas me descuidei. Por diversos episódios de perda e baixa auto-estima eu fui ignorando meus sentimentos e achei que estava muito bem comigo mesma, mas o jogo virou não é mesmo? Até fiz um post aqui no blog falando da depressão: "Superando a Depressão"
            Acho que já estou perdendo o foco do assunto.... Bom, hoje depois de pesquisar um pouco do que poderia fazer por mim, sem ter que ir no médico ou terapeuta, para amenizar essa danada depressão. Não me julgue ainda, eu vou procurar ajuda profissional, mas pela experiência que tive não adianta você ir em médico se você não fazer nada por você mesmo. Então resolvi escrever, resolvi limpar a casa, jogar The sims, abraçar mais minha gata e ainda são uma da tarde, claro que pra mim as horas passaram muito rápido, eu já perdi a noção das horas nas últimas duas semanas.
            Mas estou aqui falando nada com nada e a pergunta crucial, "O que posso fazer por mim?", eu posso mudar, criar rotinas, fazer pequenas tarefas como comer por exemplo, tem três dias que vivo a base de café e um sanduíche no dia, claro que eu me forço a almoçar, jantar, maas é bem empurrado, que meus pais e avós me perdoem pois não é falta de ter comida em casa é falta de vontade de comer. Para mudar minha rotina decidi que vou escrever aqui, seja pra contar como foi o dia superado, das pequenas metas diárias, ou seja de algo que por milagre eu achei legal porque sinceramente não as minhas músicas favoritas eu tenho escutado.
            E se me perguntarem o que desencadeou o fundo do poço, eu não vou saber exatamente quando começou mas posso dizer quando eu caí, quando perdi a consciência das horas e quando me dei conta de que não queria fazer besteiras.... mas isso pode ser assunto para outro post, ou outro dia... acho que esse já está grande demais.


enfim, não espero que as pessoas me julguem, tirem conclusões sem me conhecer ou conhecer o que estou passando... como eu disse eu comecei a escrever por mim.


Marcella Borges 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários